Publicidade

Artigos de saúde

Mastite

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Quais são os sintomas?
-
O que causa a mastite?
-
Quando procurar atendimento médico?
-
Como é feito o diagnóstico?
-
Como é feito o tratamento
-
Como evitar?

A mastite é uma infecção do tecido mamário, mais comum em mulheres em fase de aleitamento e, em especial, por volta de 40-50 dias após o parto.

Quais são os sintomas?

Durante um episódio de mastite, o seio afetado se torna avermelhado, quente e doloroso ao toque.

  • Desânimo
  • Inchaço do seio
  • Dor ou sensação de queimação durante o aleitamento
  • Febre
  • Falta de apetite

O que causa a mastite?

A mastite ocorre quando as bactérias da própria pele infectam a mama através de fissuras ou pequenos machucados nos mamilos. A infecção pode se instalar subitamente.

Quando procurar atendimento médico?

Na maioria dos casos, os sintomas surgem várias horas antes que seja possível identificar a mastite como a causa do problema. Por isso, tão logo você perceber que algo não vai bem, procure seu médico de confiança. Quanto mais cedo for iniciado o tratamento, mais rápida será a recuperação.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico de mastite baseia-se no exame clínico realizado no próprio consultório. Dependendo da intensidade da infecção, o médico poderá solicitar exames de sangue e ultra-sonografias.

Como é feito o tratamento

O tratamento consiste no uso de antibióticos por 10 a 14 dias. Além dos antibióticos, podem ser receitados analgésicos, antitérmicos e compressas mornas. Para diminuir o desconforto, tome bastante líquido e use um sutiã mais firme.

Se a mastite não diminuir ou desaparecer com os antibióticos, retorne ao seu médico. Uma forma rara de câncer pode se manifestar de modo bastante parecido à mastite. Felizmente, na maioria dos casos, o médico é capaz de diferenciar uma doença da outra a partir do exame clínico.

Durante o tratamento, continue o aleitamento materno. A infecção não passará para o bebê através do leite. A bem da verdade, manter o fluxo de leite no seio afetado ajuda a eliminar a infecção.

Como evitar?

A medida mais eficaz para reduzir seu risco consiste em esvaziar completamente as mamas quando estiver amamentando. Cada vez que for amamentar o bebê, comece por uma mama diferente, e mude a posição de aleitamento do bebê em cada mamada.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.                            08 de novembro de 2010



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: