Publicidade

Artigos de saúde

Dores Abdominais: só Doença de Crohn ou algum outro problema escondido?

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Dor na região do umbigo
- Parte superior do abdome
- Parte inferior do abdome
- Dor Referida
- O que fazer no caso de dores no abdome?
- Quando procurar um médico?

As crises de dores abdominais são uma das principais manifestações da Doença de Crohn. Contudo, pessoas que sofrem de Crohn podem apresentar cólicas no abdome relacionadas a outros distúrbios – muitos tão graves quanto o Crohn.

Digamos que você seja portador de Crohn e está apresentando dores no abdome há várias horas, e não conseguiu alívio algum após adotar as medidas de sempre. Você pode esperar um pouco mais ou deve sair e procurar atendimento médico de urgência?

As cólicas abdominais podem ser causadas por excessos alimentares, infecções intestinais ou doenças mais sérias. Para descobrir o que está acontecendo, o primeiro passo é ver onde está doendo.

O abdome possui muitos órgãos complexos, mas alguns deles possuem pontos dolorosos razoavelmente específicos.

Dor na região do umbigo

As cólicas localizadas nesta região costumam significar problemas no intestino delgado, hérnias ou inflamação no apêndice (apendicite).

O apêndice é uma pequena bolsa com a aparência de um "dedo" que se projeta a partir da porção inicial do intestino grosso, do lado direito do abdome. Se obstruído, o apêndice inflama e pode ficar cheio de pus. Sem tratamento adequado, a apendicite pode se transformar em uma infecção grave, acometendo toda a cavidade abdominal – uma situação chamada Peritonite.

Além das dores abdominais, a apendicite também pode causar náuseas, vômitos, perda do apetite, febre e sensação de precisar evacuar a todo o momento.

Parte superior do abdome

A região localizada no meio e logo acima do umbigo é chamada Epigástrio e corresponde ao local onde percebemos as alterações relacionadas principalmente a problemas no estômago, tais como azia, úlcera ou gastrite. Dores no epigástrio também podem significar problemas na vesícula biliar ou no pâncreas.

A dor localizada na parte superior esquerda do abdome é pouco freqüente e pode sugerir distúrbios no estomago, no intestino grosso, no baço ou no pâncreas.

Por outro lado, a dor localizada na parte superior direita do abdome é um problema comum, podendo estar relacionada a inflamações no intestino grosso, no pâncreas, no duodeno, no fígado ou na vesícula biliar. A cólica biliar, em geral decorrente da presença de pedras no interior da vesícula biliar, pode se manifestar como uma dor tipo pontada profunda nesta região.

Parte inferior do abdome

A dor localizada na região central e logo abaixo do umbigo costuma significar problemas no intestino grosso, inflamações pélvicas ou infecções urinárias.

A dor localizada na parte inferior, porém um pouco para a esquerda, sugere distúrbios no intestino grosso (p.ex.: diverticulite, doença inflamatória intestinal, etc) ou hérnias.

A dor localizada à direita, na parte inferior do abdome, é relativamente comum em pessoas que sofrem de Crohn, mas também pode estar relacionada à apendicite, hérnias e gestações problemáticas.

Dor Referida

As dores abdominais possuem a capacidade de "viajar" através das vias nervosas e surgir nos locais mais improváveis, distantes da fonte do problema.

Por exemplo, a dor relacionada à inflamação da vesícula biliar pode irradiar para o tórax e o ombro direito.

A dor do pâncreas inflamado pode migrar e se localizar entre os ombros.

Este tipo de dor é chamada Dor Referida.

Em algumas pessoas, ataques cardíacos e pneumonias também podem se manifestar como dores abdominais.

O que fazer no caso de dores no abdome?

Nos casos leves, onde é possível perceber que a dor foi causada por algo que comeu, você pode mastigar ou chupar pequenas cubos de gelo. Assim que se sentir melhor, reintroduza a alimentação comendo biscoitos de água e sal, sucos naturais de fruta ou bananas.

Quando procurar um médico?

Apesar da maioria dos casos de dores abdominais não ser séria, este é um problema que pode causar grande preocupação em pessoas que sofrem de Crohn. É recomendável que você procure seu médico com maior rapidez se:

  • A dor for intensa, súbita recorrente, persistente ou progressiva
  • Você não estiver conseguindo se alimentar por causa da dor
  • Você estiver tendo febres e calafrios
  • A dor vier acompanhada de dificuldade para respirar, vertigens, sangramentos ou vômitos
  • A dor irradiar para o tórax, pescoço ou ombros
  • Você perceber a presença de sangue na urina ou nas fezes, ou se as fezes se tornarem escuras e espessas, como uma "graxa", com odor muito fétido
  • Seu abdome se tornar inchado e doloroso
Copyright © 2008 Bibliomed, Inc. 04 de dezembro de 2008

 



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: