Publicidade

Artigos de saúde

Perda de Peso e Exercícios podem Substituir os Medicamentos na Hipertensão

Neste Artigo:

- O Estudo
- Resultados e Comentários


"Um programa de dieta e exercício pode diminuir a pressão sanguínea elevada e permitir que alguns hipertensos evitem usar medicamentos para baixar a pressão, tem sugerido várias pesquisas".

O Estudo

Pessoas acima do peso com hipertensão leve a moderada podem,não apenas diminuir a pressão arterial, como também diminuir os riscos para o surgimento de doenças cardíacas tornando-se ativas, e cortando calorias e gordura da dieta. Ao fazer isso, tem sido observado que a pressão arterial se mantém baixa em momentos de estresse.

Um estudo da Universidade de Duke, em Durhan, Carolina do Norte, relata a relação entre dieta e exercícios e a pressão arterial. Resultados referentes a esta pesquisa foram publicados no número de agosto de 2000 da revista Hypertension: Journal of the American Heart Association (Hipertensão: Jornal da Associação Americana do Coração).

No estudo de 99 homens e mulheres com pressão arterial elevada, pesquisadores verificaram que o regime de dieta e exercício superou o de atividade física isolado em melhorar o controle da pressão. Para alguns, funcionou tão bem quanto poderia ser esperado com medicação. Este estudo foi liderado pela Dra. Anastasia Georgiades do Centro Médico da Duke University,

Na equipe de estudo, os participantes foram divididos em três grupos: exercícios regulares, exercícios seguidos de plano de gerenciamento de peso, e aqueles que permaneceram com seus hábitos usuais. Nenhum recebeu medicação.

Resultados e Comentários

Depois de seis meses, os dois grupos de pessoas ativas tiveram diminuição da pressão arterial com maiores cortes entre o grupo de dieta e exercício. Esses grupos também mostraram pressão arterial mais baixa que o grupo de controle durante os testes de estresse mental. A elevação da pressão em resposta ao estresse tem "um efeito ruim no sistema cardiovascular", notou Georgiades. "Exercícios e perda de peso podem reduzir alguns dos efeitos ruins do estresse", disse a pesquisadora.

Ela notou que a maioria dos pacientes toma drogas para diminuir a pressão. Para Georgiades, os pacientes não deveriam descartar a medicação em favor de mudanças de comportamento, mas sim fazer melhor cortando algumas gramas com dieta e exercício.

Georgiades complementou dizendo que 22 por cento do grupo submetido a exercício e dieta conseguiram níveis de pressão arterial normal - objetivo do tratamento com drogas.

Isso, segundo a pesquisadora, sugere que algumas pessoas com pressão arterial elevada podem conseguir ficar sem medicação. Contudo, "as pessoas não devem tentar fazer isto sem aprovação de um médico", aconselhou.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.                 14 de janeiro de 2002.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: