Publicidade

Artigos de saúde

A Qualidade de um Alimento: Efeitos Sobre a Saúde

Existem poucos critérios válidos e objetivos para que se aprecie a qualidade de um alimento, uma vez que esta é uma noção totalmente subjetiva. A qualidade de um alimento, quanto a seu efeito sobre o organismo humano, pode ser avaliada de diferentes pontos de vista:

· O ponto de vista dos sentidos: denominamos estas características de “organolépticas”, têm a ver com o aspecto visual, olfativo, gustativo, táctil e até com o som do alimento. Além disso, está relacionada com o digestivo, ou seja, as sensações experimentadas após a ingestão de um alimento.

· O ponto de vista nutritivo: relacionado com nutrientes que compõem esse alimento e energia que ele carrega.

· O ponto de vista higiênico: refere-se à salubridade e inocuidade do alimento, ou seja, que não contenha micróbios (especialmente patógenos e causadores de doenças), que não esteja alterado ou em mal estado, e que não contenha substancias que possam ser nocivas ao organismo humano.

Influencia das Características Relacionadas com os Sentidos Sobre a Saúde

As características relacionadas com os sentidos, podem ter uma influencia indireta sobre a saúde, ao se relacionarem com os aspectos psicológico e social, já que são gostos totalmente subjetivos e ligados a tradições ou interpretações de uma cultura, região ou grupo determinado.

Estas crenças podem inclinar um individuo a escolher determinados alimentos e evitar outros. Estas escolhas são as que, a longo prazo, influirão de forma direta sobre a saúde.

Quanto às sensações gástricas produzidas depois da ingestão, se a comida foi muito abundante, gordurosa ou muito temperada, pode-se produzir sensação de estômago pesado, ou dor abdominal, gases, eructação e uma série de sintomas digestivos desagradáveis.

Contudo, se comermos com moderação, esta sensação digestiva pode ser localizada. Um determinado alimento ou bebida pode produzir também sensações não digestivas, que são percebidas especialmente no sistema nervoso. Geralmente produzidas por substâncias estimulantes ou sedativas encontradas mais em bebidas tais como chá, café, colas, bebidas alcoólicas etc.

Influencia do Aspecto Nutritivo Sobre a Saúde

O aspecto nutritivo influi diretamente sobre a saúde. Tem a ver especialmente com a composição química do alimento. Ou seja, quais os nutrientes que a compõem.

Todos necessitamos de uma quantidade equilibrada de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e água. De acordo com a contribuição de um determinado alimento na satisfação dessa necessidade que todos temos, a qualidade nutricional será melhor ou pior.

Por exemplo, uma salsicha ou cachorro quente comprada na rua contem uma grande quantidade de gordura, um pouco de proteína e carboidratos devido ao pão. Por ser um alimento industrializado, contém pouquíssimas vitaminas e minerais e muitos conservantes e corantes.

Sua qualidade nutricional não é tão boa como a de uma porção de carne magra cozida, grelhada ou assada. Se uma pessoa consome esse tipo de alimento esporadicamente, seria de se supor que logo compensasse com outros tipos de alimentos mais nutritivos que balanceassem a alimentação.

Contudo, se a maior parte da dieta é deste tipo de comida rápida muito industrializada, esta pessoa tem um estilo de alimentação não saudável, que a médio e longo prazo repercutirá sobre seu estado geral.

Influência da Qualidade Higiênica Sobre a Saúde

A qualidade alimentar deste ponto de vista está muito relacionada com a cadeia de produção e venda do alimento.

Se for comercializado na rua, onde não há controle sanitário e onde o alimento permanece durante várias horas exposto a contaminação do ar, à manipulação e sem conservação a frio, certamente estará contaminado.

Quando uma pessoa ingere este tipo de alimento contaminado pode apresentar efeitos que vão desde os muito leves como uma dor abdominal passageira, até muito graves como a morte no caso de intoxicações extremas como a do botulismo.

Estes microorganismos que contaminam os alimentos podem ser fungos, leveduras, bactérias vírus e parasitas. Um alimento pode ser contaminado não apenas por organismos biológicos, mas também por substâncias químicas.

Estas substâncias químicas por sua vez, podem ser de origem natural, as toxinas de fungos venenosos, ou contaminações artificiais por metais pesados e restos de pesticidas e aditivos proibidos adicionados aos produtos alimentares elaborados.

Concluindo. Apesar dos aspectos a serem levados em conta serem muitos e muito variados, as comidas rápidas vendidas na rua, sempre carregam maior risco para a saúde e possuem uma qualidade alimentar menor que a comida elaborada em casa ou em estabelecimentos com boa higiene e controlados.

Se uma pessoa decide consumir este tipo de alimento, deverá tomar bastante cuidado com a procedência e conservação dele.

Copyright © 2001 eHealth Latin America                 21 de Fevereiro de 2001



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: