Publicidade

Artigos de saúde

Desmame

Definição

O desmame é a substituição da alimentação com mamadeira ou seio (amamentação) pelo consumo de bebidas (com a utilização de um copo) e alimentos sólidos. O desmame realiza-se de forma fácil e sem problemas, a menos que o seio ou mamadeira se tenha tornado excessivamente importantes para a criança.

Como prevenir os problemas de desmame

Se tiver opção, é melhor esperar até que seu bebê tenha pelo menos 6 anos de idade para iniciar o desmame do seio pois o sistema digestivo de seu bebê estará mais preparado para tolerar a alteração da alimentação.

Normalmente, as crianças começam a mostrar menos interesse no peito e mamadeira entre os 6 e 12 meses de idade se consumirem também alimentos em copos e colher. Muitas crianças começam o desmame por iniciativa própria por volta dos 12 meses. Se a criança não estiver desmamada entre os 12 e 18 meses de idade, a mãe deve iniciar o desmame, embora a criança também deve participar do processo. Após os 18 meses de idade, a criança geralmente resiste ao desmame porque desenvolveu uma dependência da alimentação ao peito ou mamadeira.

Se seu filho mostrar falta de interesse no peito ou mamadeira em qualquer momento após os 6 meses de idade, começe a interromper gradualmente esta alimentação por sucção. Pode-se ter certeza que o bebê está pronto para iniciar o desmame quando lançar a mamadeira fora do berço, tomar uma pequena quantidade de leite e a seguir parar de tomar, morder o bico da mamadeira ao invés de sugar, recusar o peito, ou apenas sugar durante uns minutos e a seguir demonstrar vontade de brincar.

As seguintes medidas estimulam o desmame natural entre os 9 e 12 meses de idade:

1- Após seu filho atingir os 6 meses de idade, diminua a freqüência da alimentação com leite a quatro vezes ao dia ou menos. Alguns bebês alimentados ao seio podem necessitar de 5 mamadas por dia até os 9 meses de idade. Mesmo ao nascer, as mamadas devem ser limitadas a oito vezes ao dia ou menos.

2- Administre aos lactentes maiores suas mamadas diurnas à hora das refeições e juntamente com alimentos sólidos.

Uma vez que seu filho recebe apenas quatro mamadas de leite materno ou especial ao dia, certifique-se de que três delas sejam administradas à hora das refeições junto com alimentos sólidos, e não como parte da rotina que precede as sestas. Seu filho pode receber a quarta mamadeira antes de se deitar à noite.

3- Após seu bebê ter seis semanas de vida e a alimentação ao peito estiver bem estabelecida, ofereça uma vez ao dia uma mamadeira com leite retirado do peito ou de água. Esta experiência permitirá que o seu bebê acostume-se a usar a mamadeira para que ocasionalmente possa ser deixado com uma babá. Este passo é especialmente importante se pretender retornar ao trabalho ou à escola. Quanto mais esperar para introduzir a mamadeira após os 2 meses de idade, mais intensa será a recusa inicial da criança. Se esperar até os 4 meses de idade, você pode precisar de até 1 semana para que o bebê aceite a mamadeira e após isto, deve mantê-la pelo menos 3 vezes por semana.

4- Quando seu filho estiver incomodado ou estressado, carregue-o ao invés de amamentá-lo. Você pode consolar seu filho e estimular um forte sentido de segurança e confiança sem amamentá-lo a cada vez que ele estiver aborrecido. Se amamentar sempre seu filho nestas situações, a criança aprenderá a comer sempre que estiver chateado.

5- Não deixe que a chupeta seja substituída pela mamadeira ou o peito. Aprenda a reconhecer quando o bebê precisa de sucção não nutritiva. Nestas ocasiões, em vez de oferecer alimento, estimule-o a sugar uma chupeta ou o dedo. Alimentar o bebê a cada vez que ele precisar sugar pode acarretar em obesidade.

6- Não deixe que a chupeta ou peito se converta em um objeto de segurança à hora de dormir. Seu filho precisa conseguir dormir à noite sem ter o peito ou mamadeira na boca. Precisa aprender a dormir sozinho, porque se ele não o fizer, desenvolverá problemas de sono que irão necessitar da presença dos pais durante a noite.

7- Não deixe que a mamadeira se converta em um brinquedo diurno, levando-a de um lado para outro como acompanhante durante o dia. Este hábito pode impedir que ele se dedique a atividades mais estimulantes.

8- Não deixe seu filho carregue a mamadeira para a cama. Seu filho deve pensar que a mamadeira pertence a você, e não a ele; desta forma, não irá protestar ao entregá-la.

9- Ofereça a seu filho leite modificado ou leite materno em um copo a partir dos 6 meses de idade. Durante os primeiros meses, seu filho provavelmente apenas aceitará o copo após mamar um pouco no peito ou mamadeira. Porém, por volta dos 9 meses de idade, você deverá oferecer a seu filho um pouco de leite modificado ou leite materno em um copo antes da alimentação ao seio ou mamadeira. Desmame o bebê com menos de 6 meses, trocando o seio pela mamadeira e não para um copo. Os bebês não conseguem obter suficientes nutrientes nesta idade para receber nutrição.

10- Ajude seu bebê a interessar-se por outros alimentos.

Copyright 1999 Clinical Reference Systems



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: