Publicidade

Artigos de saúde

Os Tumores da Pele e as Dermatites na Terceira Idade

Os tumores de pele ocorrem com freqüência na terceira idade. Podem ser processos benignos ou malignos, sendo que os processos malignos em geral se apresentam como lesões de consistência firme, de bordas irregulares, crescimento rápido e que sangram com facilidade.

Os tumores de pele na terceira idade em geral são benignos. As hiperplasias sebáceas (ou cistos ) e os lipomas são os tumores benignos da pele mais comuns na terceira idade.

Os tumores malignos da pele mais comuns são os carcinomas. São relacionados com a radiação ultravioleta e em geral se localizam nas áreas do corpo expostas ao sol: cabeça, face, braços e mãos. O tumor maligno de pele mais comum na terceira idade é o tumor basocelular.

A dermatite ou eczema é a reação da pele a inúmeros fatores que podem ser externos ou internos, e que freqüentemente são difíceis de identificação. Os fatores externos ou ambientais podem ser substâncias químicas, a luz solar, bactérias ou fungos e mesmo alguns medicamentos.

Os fatores internos podem ser relacionados a determinadas doenças como, por exemplo, o diabetes e doenças circulatórias. A alergia é o mais importante fator que leva à dermatite ou eczema.

Está relacionado em geral a tipos de vestimenta, substâncias químicas e a doenças alérgicas, sendo denominada dermatite de contacto. A pele é o principal local da manifestação alérgica. A alergia pode ocorrer sob a forma de uma vermelhidão ou mesmo sob forma de dermatite.

Entre as principais alergias do idoso destaca-se a alergia à medicamentos, como a certos antibióticos, drogas antidiabéticas, anti-hipertensivas, etc.

Na terceira idade as doenças circulatórias, neurológicas e as situações que levam à imobilidade são as principais causas de dermatite. O diabetes pode provocar lesões nos pés devido a distúrbios circulatórios locais e também a falta de sensibilidade, lesões estas que podem evoluir para úlceras.

A insuficiência venosa (varizes) de pernas também facilitam a formação de dermatite.

As neurites são também causas de dermatite, pois facilitam as lesões traumáticas devido à insensibilidade local. Mas é a imobilidade provocada por doença a principal causa de dermatite no idoso, gerando as escaras de decúbito.

A manifestação clínica se caracteriza pela coceira ou prurido, vermelhidão local e bolha com grande umidade. Se não tratada corretamente evolui para lesões da pele, como a úlcera.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: