Publicidade

Artigos de saúde

Hospitais Com Maior Volume de Transplantes Tem Melhores Resultados

Em muitos procedimentos cirúrgicos complexos existe uma associação entre um pequeno número de cirurgias e um aumento na mortalidade para os pacientes submetidos aos procedimentos.

O Dr. Erick B. Edwards e seus colaboradores do United Network for Organ Sharing, Richmond, em Virgínia, Estados Unidos, examinaram o efeito do volume de procedimentos de transplante de fígado realizados em diversos centros médicos, em relação à taxa de mortalidade.

Foram analisados todos os transplantes de fígado realizados nos Estados Unidos entre 1 de outubro de 1987 e 30 de abril de 1994. Como os números encontrados no período inicial (entre 1987 e 1992), e o período mais recente, que findou em 1994, eram semelhantes, os autores se concentraram no segundo período.

Nos resultados observados, entre 1 de janeiro de 1992 e 30 de abril de 1994, 47 centros médicos realizaram 20 ou menos transplantes de fígado por ano, totalizando 837 transplantes; estes centros foram chamados de centros de baixo volume de transplantes.

Outros 52 centros realizaram mais de 20 transplantes de fígado por ano, totalizando 6526 cirurgias; estes centros foram chamados de centros de alto volume de transplantes.

A mortalidade nos centros de baixo volume cirúrgico após um ano foi de 25,9%; nos centros de alto volume cirúrgico, a taxa de mortalidade após um ano foi de 20,0%.

Os autores concluem que existe uma diferença significativa na mortalidade após transplante de fígado, entre os centros de um grande volume cirúrgico e os de baixo volume cirúrgico.

Os resultados deste estudo foram publicados na revista The New England Journal of Medicine de 30 de dezembro de 1999.

Fonte: The New England Journal of Medicine 1999;341:2049-2053.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: