Publicidade

Artigos de saúde

Check-up Infantil: Exame Completo Pode Detectar Eventuais Problemas

Terminadas as férias escolares, chegou o momento ideal de realizar um check-up nas crianças. A partir de agora elas começam a retomar o ritmo de crescimento e desenvolvimento intelectual e voltam a realizar as atividades rotineiras. Após o período de descanso, onde que tenha sido, convém que as crianças estejam bem física e mentalmente.

Uma consulta com o pediatra e uma bateria de exames pode determinar os possíveis problemas que atrapalham as crianças em suas tarefas escolares. Este é o tempo adequado para se descobrir e tratar qualquer questão de saúde.

Mas antes de levar a criança ao médico é necessária à conscientização e enumeração de todos os desvios que possam estar ocorrendo. O pediatra é a pessoa mais indicada porque conhece a criança e suas etapas de desenvolvimento. Às vezes dados insignificantes para os pais podem ser importantes para a descoberta de algum mal, tais como a sonolência, excesso de apetite ou irritação por qualquer motivo.

Visando auxiliar o pediatra é bom que os pais tenham conhecimento de alguns problemas comuns e freqüentes. O médico, além de avaliar o desenvolvimento físico da criança, é quem poderá indicar o especialista adequado caso haja necessidade. Férias em fazendas ou praias são bons motivos para um exame parasitológico de fezes. É comum nestes locais a contaminação da água, areia e alimentos mal lavados.

O resultado pode indicar a presença de vermes. Os sintomas são a palidez, sonolência e desânimo. O tratamento é simples e rápido. Outra doença comum é a hepatite. Não é uma patologia grave, mas séria. Necessita de repouso e os sintomas são febres altas, náuseas, urina escura e fezes claras. A pele fica amarelada, mas a identificação é dificultada pelo bronzeamento.

Postura

A percepção de alguns desvios na saúde das crianças deve ficar a cargo dos pais. A postura, por exemplo, deve ser observada, já que pode causar problemas respiratórios e dores.

Se a criança se queixar destes problemas é recomendável que seja encaminhada ao ortopedista. Mas caso isso não ocorra, a observação de alguns aspectos é fundamental. Ficar curvado demais ao se sentar, e andar fora de prumo podem ser indícios de problemas de postura. Este problema pode ser resolvido com fisioterapias ou até mesmo com a prática de esportes.

Audição

Algumas atitudes denunciam o problema. Pouca atenção às conversas ou atenção demais, pedido constante para repetir o que foi falado por terceiros e proximidades exageradas da televisão são exemplos. Muitas vezes pode estar ocorrendo uma redução temporária na audição devido a excessos de secreções depois de uma gripe.

Mas caso não seja temporário, o problema pode ser identificado com um exame de audiometria. A audição falha atrapalha a alfabetização e a integração social da criança. Somente o otorrinolaringologista poderá indicar o tratamento ideal para a questão.

Visão

Os principais sintomas indicativos de algum problema são dores de cabeça, aproximação de objetos e livros dos olhos, excesso de lacrimejamento, coceira nos olhos, dificuldade de leitura e desvio de atenção. Se a criança apresenta alguns destes sintomas é recomendável que se procure um oftalmologista para submetê-la a exames. Na fase pré-escolar é comum o aparecimento da ambliopia, baixa visão em apenas um dos olhos, causada pelo esforço demasiado de apenas um dos olhos.

Emocional

Alterações no comportamento como, agressividade, timidez, instabilidade nos relacionamentos com irmãos, depressão , ciúmes e recusa, são indicativos de alterações emocionais. A solução deve ser a orientação psicológica para ambos, pais e filhos.

Copyright © 2000 eHealth Latin America



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: